segunda-feira, 23 de abril de 2012

O FUMANTE E A ATIVIDADE FÍSICA




Vamos conversar sobre a relação entre o fumo e a atividade física.  O prejuízo do consumo de cigarro ao organismo. O texto abaixo pertence ao prof. Fábio Saba, retirado do livro “7 Lições para o Bem Estar” – Phorte Editora. Tomo a liberdade de dividi-lo como vocês, caros amigos.
Exercícios físicos e cigarro não combinam. A sorte é que, quanto mais você se exercita, mais sente disposição para parar de fumar.
Embora alguns autores não considerem a existência de provas conclusivas de que a prática de atividades físicas ajuda os fumantes a abandonar o cigarro, a maioria dos programas de interrupção inclui o exercício como um aliado importante. O famoso Dr. Keneth Cooper escreveu que os fumantes que passam a praticar exercícios aeróbicos tornam-se mais conscientes do quanto o fumo diminui a sua habilidade de processar oxigênio. Rapidamente, notam que se cansa mais facilmente que seus companheiros de exercício, o que cria um forte desejo de parar de fumar.
A combinação exercício e fumo, no entanto, implica alguns desconfortos iniciais, o que implica, em parte, por que os fumantes são menos propensos a se exercitar.
São três (3) os prejuízos principais que o fuma causa à atividade física:
·                    Diminuição da capacidade pulmonar
·                    Diminuição do consumo máximo de oxigênio
·                    Aumento do nível de monóxido de carbono no sangue.
O prejuízo do monóxido de carbono para a capacidade respiratória se dá, na medida em que as hemoglobinas presentes no sangue, em vez de transportarem oxigênio, transportam monóxido de carbono. Aproximadamente, 5% da hemoglobina somos tomadas pelo monóxido de carbono, prejudicando por todo este período de tempo o rendimento do praticante de exercício e fazendo que qualquer esforço que ele faça seja mais difícil do que normalmente seria.
O exercício físico é prejudicado pelo fumo, também quando a nicotina causa taquicardia (aceleração irregular do ritmo cardíaco) e aumento da pressão arterial, diminui a capacidade circulatória e, assim, faz que o músculo do coração necessite de mais oxigênio. Durante o exercício, a nicotina causa um aumento do acúmulo do lactato no sangue, que é uma substância que causa cansaço corporal e pode levar o praticante a abandonar mais facilmente à atividade física.
Portanto, amigo fumante, crie coragem mude seus hábitos e pratique exercícios físicos, sua saúde irá agradecer!

Nenhum comentário:

Postar um comentário