segunda-feira, 15 de março de 2010

FABIANA MURER APROVEITA NOVO FRACASSO DE ISINBAYEVA E LEVA OURO NO MUNDIAL INDOOR





Brasileira salta 4,80m e ganha medalha inédita para as mulheres do país

A musa caiu de novo. A exemplo do que tinha acontecido em Berlim, no ano passado, Yelena Isinbayeva sequer subiu ao pódio do salto com vara no Mundial Indoor de Doha. A diferença é que, neste domingo, o Brasil aproveitou a porta aberta. Fabiana Murer saltou 4,80m e ganhou a primeira medalha de ouro feminina do país na história da competição. Na hora do Hino Nacional, com a medalha no peito, a saltadora se permitiu trocar o tradicional choro pelo largo sorriso.

- A Yelena é sempre favorita, mas hoje não foi o dia dela, foi o meu. Estou contente, mas não por ter vencido uma ou outra adversária, e sim por fazer o meu trabalho e terminar em primeiro lugar - festejou Fabiana, em entrevista ao SporTV logo após a prova.

Após a frustração com a perda da vara nas Olimpíadas de Pequim e o quinto lugar no Mundial da Alemanha, desta vez a brasileira não decepcionou. O sorriso depois da prova mostrava que, em Doha, a sensação era de dever cumprido.

- Não foi fácil a competição, foi muito dura. Agora acabou, vou pensar na próxima e continuar trabalhando para chegar mais vezes ao lugar mais alto do pódio - prometeu à saltadora, que tinha conquistado o bronze no Mundial Indoor de Valência, em 2008.

GLOBOESPORTE.COM Doha, Qatar

Nenhum comentário:

Postar um comentário