sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

DEVAGAR EM SEMPRE


Para quem está muito acima do peso, como eu, entrar em forma pode parecer impossível. Mas acreditem o mais difícil é começar, Num estudo realizado pela Fundação Universitária de Cardiologia de Porto Alegre – RS e pela UFRGS, voluntários obesos participaram de um programa de caminhada e alongamento. As sessões duravam de 10 a 30 minutos, três vezes por semana. Ao final de seis meses perderam em média 5,3 kg, além de melhorar a resistência física e a pressão arterial, revista Women’s Health (out, 2011).
Estes estudos publicados em revistas científicas (uso restrito a pesquisa científica) e revistas de informação (aberta ao público em geral) nos mostram que a ciência e a mídia estão prontas a nos auxiliarem a mudar nossos hábitos de vida. Sei que é difícil, mas é preciso ter consciência que o exercício não é restrito somente aos atletas, todos nós devemos praticá-los.
O exercício físico regular torna o coração mais forte e melhora a função dos pulmões, reduz a pressão arterial, diminui os níveis de colesterol total e o mau colesterol chamado de LDL e contribui para aumentar o HDL colesterol bom. Estes efeitos benéficos, por sua vez diminuem o risco de ataque cardíaco, derrame e doença arterial coronariana. Além disso, o câncer de cólon do útero e algumas formas de diabetes são menos prováveis de ocorrer em pessoas que se exercitam de forma regular.
O exercício contribui para o fortalecimento muscular, permitindo que os indivíduos executem algumas tarefas que muitas vezes não eram capazes de fazer e que com a atividade física Estas tarefas são executadas com mais facilidade.
O exercício físico deve fazer parte de nossas vidas, assim com a alimentação e a higiene pessoal, não devemos abdicar do movimento. O Ser Humano foi criado para o movimento, não somos vegetais para ficarmos parado.
Procure se exercitar de manhã, de tarde ou de noite. À hora não importa, desde que seja a melhor hora para você, somente a pessoa saberá de acordo com seus hábitos de vida.
PENSE NISTO!



Nenhum comentário:

Postar um comentário