domingo, 6 de novembro de 2011

Atividade Física no Trato Gastrointestinal




O exercício físico pode ser benéfico ou prejudicial para o trato gastrointestinal, dependendo da intensidade do esforço e da saúde do indivíduo. Sabe-se que a intensidade leve a moderada exerce um papel protetor contra o câncer de cólon, diverticulite, colelitíase e prisão de ventre, enquanto o exercício extenuante agudo pode provocar azia, náuseas, vômitos, dor abdominal, diarreia e até sangramento gastrointestinal.

Descobertas recentes revelam que entre 25 e 50% dos atletas de elite são prejudicados em competições pelos sintomas gastrointestinais. Esses sintomas são muitas vezes atribuídos a alterações da motilidade, fator mecânico ou alterações de secreções neuroendócrinas.

O exercício físico pode levar os distúrbios gastrintestinais, principalmente quando é de alta intensidade ou quando esse é praticado em ambientes quentes, sem uma hidratação adequada e por indivíduos sem preparação física.

Em atletas, a diarreia normalmente está relacionada à mudança do hábito alimentar em viagens e intoxicação alimentar. A diarreia aguda induzida pelo exercício é considerada como fisiológica e não provoca desidratação ou desequilíbrio eletrolítico e tende a melhorar com a melhora da aptidão física. A prática de atividade física de intensidade leve a moderada tem um papel protetor contra transtornos do trato gastrointestinal.

A atividade física de alta intensidade leva as pessoas a terem distúrbios gastrointestinais quando associada à desidratação e/ou aumento da pressão intra-abdominal.

A hidratação adequada e um bom preparo físico são fundamentais para proteger o organismo contra danos fisiológicos dos exercícios de alta intensidade.

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Ótima matéria! Material completo, não tinha noção do prejuízo que o exercício poderia causar quando não estamos preparados ou hidratamos corretamente. Obrigado! Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Ótima matéria! Material completo, não tinha noção do prejuízo que o exercício poderia causar quando não estamos preparados ou hidratamos corretamente. Obrigado! Abraços.

    ResponderExcluir