domingo, 26 de junho de 2011

EXERCÍCIOS FÍSICOS NO INVERNO





Quem não gosta de comer e ficar embaixo das cobertas no inverno? Nessa estação a preferência entre os alimentos são os mais calóricos. Por esses, entre outros motivos fazer exercícios no inverno é de extrema importância. As pessoas não devem se descuidar da saúde e a prática de exercícios físicos; ainda que em menor intensidade, não pode ser deixada de lado, merecendo alguns cuidados especiais.

Ao contrário do verão, em que as atividades ao ar livre são mais apreciadas, no inverno as pessoas ficam mais tempo em casa e, consequentemente, não se exercitam. O melhor então é que os exercícios sejam realizados em locais fechados, principalmente quando a temperatura está muito baixa. Além da alimentação saudável, outros fatores que merecem atenção à hidratação, a roupa adequada e o alongamento do corpo.

Quando a prática é realizada em locais fechados esses dois fatores principais não influenciarão tanto, mas quando ao ar livre a sua relevância aumenta e requer mais atenção. No inverno as atividades ao ar livre causam sensação de menos transpiração, pois o suor entra em contato com o ar frio e evapora de maneira rápida, tendo grande importância assim à hidratação. As atividades aeróbicas, por exemplo, geralmente causam inibição temporária da fome, porque a sua prática costuma desidratar causando assim mais sede.

Indicar tipos de exercícios mais recomendados no inverno, mas não somente nele, é muito difícil, pois cada pessoa tem preferência por uma prática diferente, com a qual se identifica mais, como as atividades aeróbicas e a musculação. O ideal é que, independente da atividade escolhida, a pessoa se exercite regularmente. Natação, caminhada, corrida, futebol, entre outros esportes, são opções de exercícios para se praticar nessa estação.

No inverno, para a prática de exercícios é necessário um maior número de peças de roupa. Não basta sair de casa com calça de ginástica e camiseta. O correto é ir se exercitando e conforme a corpo vai se aquecendo ir tirando de acordo com a sobreposição das peças. Esse processo ajuda no melhor aquecimento do corpo, que ocorre com mais rapidez e colabora diretamente com o rendimento. Se ao começar o exercício as roupas não forem às apropriadas a temperatura do corpo aumenta muito, fazendo a pessoa transpire e o seu rendimento caia.

Manter o aquecimento do corpo é de extrema importância porque diminui o risco de lesões e aumenta o rendimento. Quando este é realizado de forma correta há uma elevação da irrigação sanguínea, tanto das articulações como dos músculos. No inverno o tempo para que o corpo se aqueça é muito maior visto que a temperatura exterior está mais baixa e os músculos ficam mais contraídos. Outro procedimento muito importante quando se pratica atividades físicas é o alongamento que deve ser feito preferencialmente tanto no início como no término dos exercícios, com a pessoa ainda agasalhada, sendo que, na fase inicial, é importante dar maior ênfase às articulações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário