quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

A PRÁTICA DE EXERCÍCIOS AJUDA A MELHORAR OS SINTOMAS DA ARTRITE REUMATÓIDE




Todo mundo já está cansado de saber que pessoas fisicamente ativas são mais saudáveis, mais felizes e vivem mais do que aquelas que são sedentárias. Para aquelas que sofrem com artrite reumatóide, não poderia ser diferente.

Segundo o reumatologista Sérgio Bontempi Lanzotti, diretor do Instituto de Reumatologia e Doenças Osteoarticulares (Iredo), nem é necessário treinar como um triatleta para experimentar os benefícios do exercício físico. Basta iniciá-los lentamente e com intensidade reduzida. “Dessa forma, o paciente tem mais facilidade em adotar um plano de exercícios bem-sucedido, cuja prática pode ajudar a aliviar as dores da doença reumática e a diminuir a fraqueza muscular, a rigidez articular e a falta de equilíbrio, comum a muitas formas da doença.", explica ele.

Como o sedentarismo entre os pacientes com artrite, além de agravar os problemas relacionados com a doença, pode resultar em uma série de outros riscos à saúde, incluindo o diabetes tipo II e as doenças cardiovasculares. Aproveite para conhecer o efeito positivo que cada tipo de exercício pode trazer para a sua saúde.

Mais flexibilidade

Os exercícios ajudam a manter ou a melhorar a flexibilidade das articulações e dos músculos adjacentes afetados pela doença. Os benefícios incluem uma melhor postura e redução do risco de lesões. Exercícios de flexibilidade devem ser realizados de cinco a 10 vezes por dia, enquanto os exercícios de alongamento, pelo menos três vezes por semana.

Musculatura reforçada

A resistência ou o peso deve desafiar os músculos ao mesmo tempo em que diminui a dor nas articulações. Músculos fortes melhoram sua função e ajudam a reduzir a perda óssea relacionada à inatividade. Para as pessoas com artrite, um conjunto de exercícios para os principais grupos musculares é recomendável pelo menos 2 ou 3 vezes por semana.

Melhora da capacidade aeróbica

Atividades que usam os grandes músculos do corpo de uma maneira repetitiva e rítmica fortalecem o coração e o pulmão. Para as pessoas com artrite, este tipo de exercício agrega outros benefícios, tais como controle de peso, melhora do humor, do sono e da saúde em geral. A recomendação são 150 minutos de atividade aeróbica de intensidade moderada por semana, de preferência, distribuídos em dias alternados.

Neste caso estão liberadas a caminhada, dança aeróbica, hidroginástica, ciclismo ou exercícios em equipamentos como bicicletas ergométricas e esteiras.

Consciência corporal

Exercícios que contemplam a consciência corporal melhoram a postura, o equilíbrio, o senso de posição articular, a coordenação e o relaxamento. Segundo os médicos, Tai chi chuan e yoga são alguns exemplos de exercícios recreativos que incorporam elementos da consciência corporal e podem ser muito úteis para pacientes artríticos.


Fonte: http://suadieta.uol.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário