quarta-feira, 23 de março de 2011

A MALHAÇÃO QUE VALE POR UMA CORRIDA




Esta é uma lei universal do exercício – quanto menos tempo você tem mais fácil fica encontrar uma desculpa para pular o treino de cárdio. Afinal, uma boa sessão não deve durar pelo menos 30 minutos? Não. Na verdade você não precisa suar por meia hora para obter os benefícios da atividade física. Aliás, é possível alcançar os melhores resultados com treinos cardiovasculares curtos. Basta entender que você queima mais calorias por minutos em atividades intensas.

Ao contrário de corridas intervaladas, exercícios de cárdio rápidos e intensos podem acelerar o metabolismo por horas após o fim do treino. Ou seja, você continua derretendo gordura mesmo quando cai na cama. Além disso, pesquisas mostram que sessões curtas e intensas de exercício melhoram seu condicionamento, assim como um trote tranquilo.

Para mudar seu conceito sobre treinos de cárdio, observe o treino em circuito, que podem ser feitos em casa. Ele é tão desafiador quanto uma série de tiros de corrida.

· Faça os exercícios duas vezes, sem intervalo entre eles.

· Repita o circuito inteiro três vezes.

1. Agachamento com salto: desça até as coxas ficarem paralelas ao chão. Pule o mais alto que conseguir. Repita por 20 segundos.

2. Faça o maior número de repetições que conseguir em 20 segundos.

3. Agachamento isométrico: desça o corpo até as coxas ficarem paralelas ao chão e pare. Segure a posição por 30 segundos.

4. Flexão de braço sem ou com apoio dos joelhos no chão por 20 segundos.

5. Abdominal Remador (abraçando os joelhos) por 30 segundos

PS: Faça no final do seu treino habitual de musculação e elimine mais gordura do corpo.

menshealth.abril.com.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário